CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

Seguidores

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Sonhos I




Sempre fui muito curiosa a respeito do sono, sonhos, e o que fazemos enquanto dormimos, apesar de ouvir da maior parte das pessoas que era inútil a minha preocupação e surpresa diante dos mesmos.

Fico por vezes horas a tentar desvendá-los.


Os estudiosos, psiquiatras, psicólogos e cientistas afirmam que os sonhos representam os nossos mais íntimos desejos, vontades, medos, inseguranças, sonhos, acontecimentos reais do passado ou simplesmente retratam conversas diárias que tivemos durante o dia.
Já em algumas religiões, especificamente falando na doutrina espírita (religião também baseada e fundamentada nas pesquisas, estudos e experiências), ensina-nos que:
“O sonho liberta, em parte, a alma do corpo. Quando se dorme, se está, momentaneamente, no estado em que o homem se encontra, de maneira fixa, depois da morte. Isso deve nos ensinar, uma vez mais, a não temer a morte, pois morremos todos os dias. Pelo efeito do sono, os espíritos encarnados estão sempre em relacionamento com o mundo dos espíritos. Enquanto o corpo repousa, o espírito dispõe de mais faculdades do que na vigília. Tem o conhecimento do passado e, algumas vezes, previsão do futuro. Adquire maior energia e pode entrar em comunicação com os outros espíritos, seja neste mundo, seja em outro. Muitas vezes dizemos: Tive um sonho bizarro, horrível, mas que não tem nada de verosímil; enganamo-nos, é frequentemente uma lembrança dos lugares e das coisas que vimos em uma outra existência ou em um outro momento. Os maus espíritos também se servem dos sonhos para atormentar as almas”. Livro dos Espíritos – Allan Kardec.
Portanto, cabe a cada um de nós desvendar os mistérios dos nossos sonhos diários.



Na noite passada estava a ler um dos meus livros de cabeceira, O Livro dos Espíritos, e cheguei a um ponto dele onde falava sobre os sonhos. Além de achar interessante, encontrei respostas às questões que tinha acerca deste assunto.

Por acaso, na mesma noite de ontem tive mais um daqueles sonhos estranhos.

Já tinha prometido à mim mesma que iria postar alguns dos meus sonhos aqui, mas nunca o fiz, pois acabava por esquecer de todos os detalhes da história no momento em que abria o computador! Então resolvi ter ao lado da cama um caderninho e uma caneta, para não correr o risco de acordar do sonho no meio da madrugada, voltar a dormir, e no dia seguinte ficar atormentada por saber que o sonho foi importante e que já se tinha ido embora…


Estava eu, em um aeroporto no Brasil. Não parecia um aeroporto, pois não havia aviões, mas era um ponto de aterragem, ou de encontro... Fui recebida por pessoas queridas. Sentia uma enorme felicidade em os ver. Abraçávamo-nos contentes! Mas… não conhecia aquelas pessoas. Saímos de lá, e percorrendo um caminho que eu conhecia bem, no lugar onde cresci, reencontrei gente que há muito tempo não via. Todos nós radiantes pelo reencontro. Mas… também não as conhecia! Falamos todos um pouco sobre nossas vidas… sobre o que estávamos a fazer ali. Os motivos eram os mesmos: visitar entes próximos, amigos… Logo depois fomos “transportados” para o aeroporto outra vez, mas desta vez, para partir. Voltar de onde viemos. Uma menina abraçou-me e choramos muito. Ambas lamentamos aquela separação. Dizíamos uma a outra que o melhor era nunca mais voltar ali, porque apesar de irmos para matar a saudade, a saudade e a dor aumentam na hora da partida…

8 COMENTÁRIOS!:

Isa mar disse...

Realmente amiga, quando dormimos nossa alam se libeta dos grilhões do corpo físico e pode ir a muitos lugares.
Eu sempre digo que podemos fazer 3 coisas: Estudar, trabalhar, ou visitar lugares bons ou ruins, depende da tua vibração, do que faz e do que pensa.
Muito emocionante o teu sonho, pois essas pessoas com quem você se reencontrou são sua família verdadeira espiritualmente falando.
Muitos temos missões por aqui e os que pra cá vem são assistidos pelos que lá ficaram.
Não nos lembramos dos que lá ficaram porque nosso corpo de carne não nos permite, mas durante o sono estamos constantemente com eles, pois separação não existe realmente, só diferentes dimensões que podemos acessar de acordo com nosso grau evolutivo e nossos conhecimentos.
Beijos de luz pra você!

Santa Cruz disse...

Aninha; Sonhos Lindo texto os cientistas podem dizer tudo o que quiserem mas eu adoro ter sonhos, sonhos lindos e reais:

Oh! Noite eterna dos meus sonhos...
Sonhos que me levam as prefundezas dos tempos;
Cada um dos meus sonhos;
São eternas recordações do meu pasado.
Oh! Cheia de emoçoes nao peças nada as minhas mãos;
Que incendeias os pobres coraçãos:
Oh! Bendita noite eterna...
Jamais serás esquecida;
Noite de lindos sonhos e reais.
Oh! noite eterna de sonhos de amor;
Noite de sonhos pasaados:
No Jardim dos meus amores,
E das minhas eternas flores.
Oh! Noite eterna dos meus sonhos.

um beijo
Santa Cruz

ValeriaC disse...

Muito legal você compartilhar seu sonho amiga...sabemos que durante o sono, a alma se liberta e como sempre digo, passeia... penso também ,que não devemos nos preocupar muito com nossos sonhos, pois eles podem ser apenas uma maneira da mente se reorganizar, com questões terrenas também.
O mais importante é cuidarmos do nosso desenvolvimento espiritual, em aplica-lo na vida material...e estarmos sempre ligados ao Bem e ao Amor...porque seja algo da mente ou passeio da alma, o sonho nos será algo a nos fazer bem.

Tenha um lindo final de semana amiga...
Beijinhos...
Valéria

DINEI FAVERSANI disse...

Boa tarde amiga! Sempre interessei-me por esse assunto que diz respeito aos sonhos, inclusive, grandes acontecimentos que ocorreram em minha vida, tinha sonhado antes. Quando tinha 33 anos de idade, sonhei com a minha filha adulta, que ainda não tinha nascido e hoje conta com 17 anos. Parabéns. Beijos no coração. A LUZ DE DEUS NUNCA FALHA!

MAILSON FURTADO disse...

Excelente texto!!!

Parabéns, belo blog...

PARABÉNS!!!

Acesse:
http://mailsonfurtado.blogspot.com

Livinha disse...

Aninha, muito profundo tuas escritas e tua curiosidade, são as indagações constante que nos leva a busca de resposta que são infindáveis.
Nada sem razão, nada sem propósitos, tudo na razão que em nós se predestina.
O teu sonho é algo verídico, nada falso. Nossas almas passeiam por lugares e tempos longiquos na veracidade com que nos tornamos esquecidos perante nossa atual moratória.
Somos presilhas desse corpo denso, colocados a prova, razão do nosso crescimento. O acaso não existe nos passos passageiros que segue a nossa contribuição da missão ante reencarnação já traçada. Pessoas que passam por nós, ainda que sejam de aparente razão e que nos causa algum constragimento, são os nossos magnetos atrativos que está escrito no pergaminho de nossa história, que tem que passar. Reaveres de nossas trajetórias que são infinitas.

haveria mil coisas a serem discutida em tua postagem, mas o espaço e tempo assim não nos permite.
Mas é isto aí, creia em cada sinal, ainda que te pareça bizarro e sem fundamento, mas nunca te pareça um ponto, se não um livro.

Linda semana pra ti minha querida

Bjs

Livinha

Anônimo disse...

legal

Sil.. disse...

Todo sonho, pra mim é veridico Aninha.
A gente realmente sai pra trocar experiências no astral.
Bom, sou suspeita pra falar, pois sou kardecista.

Um texto pra se refletir, ameiiii.

Um bjão, minha flor!

Acredite no poder da atração!

Vote!

Top30 Brasil - Vote neste site!