CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

Seguidores

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Flor da pele


"Ando tão à flor da pele
Qualquer beijo de novela
Me faz chorar

Ando tão à flor da pele
Que teu olhar "flor na janela"
Me faz morrer

Ando tão à flor da pele
Meu desejo se confunde
Com a vontade de não ser

Ando tão à flor da pele
Que a minha pele
Tem o fogo
Do juízo final...

Barco sem porto
Sem rumo, sem vela
Cavalo sem sela

Bicho solto
Um cão sem dono
Um menino, um bandido
Às vezes me preservo
Noutras, suicido!

Oh, sim!
Eu estou tão cansado
Mas não prá dizer
Que não acredito
Mais em você

Eu não preciso
De muito dinheiro
Graças a Deus!
Mas vou tomar
Aquele velho navio
Aquele velho navio! (...) "


Composição: Zeca Baleiro





7 COMENTÁRIOS!:

Livinha disse...

A sensibilidade chora
por qualquer coisa,
qualquer coisa...
Ela grita sem demora,
a pele sente, a flor
flor que brota, esculpida,
vermelha...
É a flor da pele que a mim
se assemelha...

Aninha,
Obrigado pelo carinho
pelo selinho ofertado pra
mim...

grade beijo

Livinha

Dani Almeida disse...

Aninha

"eu estou tão cansado, mas não pra dizer que não acredito mais em voce"

Este trecho traduz exatamente ao momento que vivo agora!!! Linda composição.


Obrigada pelo selinho que me ofereceu, fiquei muito lisonjeada.

Um beijo!!!

Santa Cruz disse...

Aninha; Linda escolha uma conção muito linda todos nós andamos ao flor da pele com as coisas que gostamos.
Um beijo
Santa Cruz

Ives disse...

Acho lindos blos assim, ainda mais qdo tem aquário igual o meu rss

Cigana do Oriente disse...

Aninha, lindo poema! Tem selinho pra você no meu cantinho, beijos

Entrevidas disse...

Gostei dos versos mas gostei muito do seu perfil.Beijos

«╬♥ LADy M«╬♥ disse...

oi aninha.. lindo aki tb q bom q vc gostou do meu cantinho seja bem vinda sempre viu bjs

Acredite no poder da atração!

Vote!

Top30 Brasil - Vote neste site!