CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

Seguidores

terça-feira, 29 de junho de 2010

Transe



De olhos fechados

Sensação de ter vivido
Um momento especial
Anteriormente
Quase que estranho
Surreal

Por mais irreal que aquele cenário fosse
Era real
Aquele sentimento era

No cume de uma montanha rochosa
Tão alta
A mais alta de todas
Eu podia ver
Eu podia sentir
Eu podia tocar o mundo inteiro
Mas ninguém chegava até a mim
Era a mais bela montanha que havia

Uma sensação de plenitude me envolveu

Que ninguém me tire este momento de encanto
Senti calafrios ao imaginar sair daquele lugar
Eu sozinha
Recolhida e só
De nada mais precisava

Uma sensação de purificação me envolveu

Pude sentir o ar atravessando cada parte do meu corpo
Pude ficar sem respirar
Completamente sem ar
Pude sentir cada órgão meu a funcionar
As batidas as pulsações
A vida

Até que

Uma sensação de transe me envolveu

Até que já não sentia mais nada
Mas um nada completo
Sem explicação
Pois o nada em sua plenitude não se descreve
Apenas soube que aquele momento
Inexplicável
Foi essencial
Foi o encontro comigo mesma

Uma sensação de realização me envolveu

Até que

Voltei

É sempre preciso voltar.




Aninha

4 COMENTÁRIOS!:

ValeriaC disse...

Aninha, que lindo seu poema...uma leveza...uma sensação de plenitude que fica...o encontro com si mesmo é algo divino!

Gostei demais do seu blog...estou a te seguir...voltarei pra te ler mais...
Beijo
Valéria

Aninha disse...

Obrigada Valéria...
Tudo aqui escrito vem do fundo da alma...
Sinta-se sempre bem vinda aqui ;)

Geraldo de Barros disse...

como sempre é bom viajar contigo, adentrar sua alma. sentir nela o que há um pouco da gente. suas angustias, desejos, vontades, são suas, mas apontam para algo tão humano que acabamos nos sentindo nelas também. gosto quando vc se aprofunda assim. vai além da sua individualidade, toca o que é comum, o que é do sujeito. uma hora a gente sempre passa por algo assim, uma vontade ou desejo assim e chega nesse ponto de saber que é preciso voltar. foi também bacana que me veio algumas questões sobre o voltar: é preciso voltar por muitas coisas, mas uma de me veio aqui mais marcante foi a de poder recomeçar, voltar é abrir uma outra possibilidade para o recomeço, gosto de estar sempre nesse movimento. bom é isso, seus textos me fazem "caminhar" ;)

beijos, Aninha,
G

meus instantes e momentos disse...

que lindo poema, que bom te ler.
maurizio

Acredite no poder da atração!

Vote!

Top30 Brasil - Vote neste site!